3 dicas para se tornar um empresário médico

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

De acordo com uma pesquisa, os profissionais de saúde carecem de treinamento significativo na área de negócios da saúde. 

A lacuna entre a formação médica e a profissionalizante é grande o suficiente para impedir os médicos de se tornarem parte integrante do mundo empresarial e administrativo.

Saber como construir um modelo de negócios vigoroso e sustentável ajudaria qualquer empresário médico a gerenciar o lado comercial de sua profissão.

Dessa forma, poderiam contribuir mais para a pesquisa, o desenvolvimento e a adequada prestação de serviços de saúde.

No entanto, tornar-se um empresário médico e construir uma carreira estável na área da saúde como gerente não é impossível. 

O setor de saúde está pronto para absorver startups inovadoras e o empreendedorismo na medicina deve ser um assunto cada vez mais abordado. 

Saber o que quer

Segmentos como biotecnologia, sistemas de análise de big data, aplicativos de saúde e medicina preventiva, entre outros, aguardam pessoas capacitadas e ideias excepcionais.

De acordo com estatísticas recentes, o custo da saúde por pessoa pode aumentar bastante para os próximos anos.

Não importa a quantidade de turbulência que o setor de saúde tenha que enfrentar no futuro imediato, as pessoas ainda investirão em sua própria saúde.

Em outras palavras, sempre haverá um mercado para empreendedores médicos. À medida que a economia se recupera e as necessidades aumentam, os empresários médicos estarão ocupados.

No entanto, abraçar um caminho de negócios não é uma tarefa fácil, não importa a profissão escolhida. 

Aqueles que se tornam médicos enfrentam os mesmos desafios – se não os mais difíceis – de todas as outras pessoas que desejam seguir o caminho do empreendedorismo.

Rede, rede, rede

Sua jornada para se tornar um empresário médico de sucesso exigirá mais do que uma ideia e os fundos para que isso aconteça. 

A saúde é um mercado competitivo e as empresas de saúde têm ainda mais dificuldade para se tornar estáveis ​​e bem-sucedidas.

O primeiro passo é participar de encontros, congressos e conferências de saúde.

Alguns dos maiores encontros de saúde reúnem milhares de participantes em vários campos. 

Em comparação com as conferências médicas tradicionais, esses encontros reúnem profissionais de negócios e gestão, TI, empresários, investidores, seguradoras e assim por diante.

Essas reuniões representam a oportunidade perfeita para obter conhecimento direto sobre o lado comercial do setor de saúde, encontrar investidores e parceiros em potencial.

Através disso, vai ser possível aprender com formuladores de políticas, gerentes e muito mais.

Escolha o investidor certo

Um investidor que não compartilha de sua visão e metas em termos de lucro, avanço na área médica e desenvolvimento social por meio da medicina se tornará um fardo a longo prazo.

Ninguém pode minar a importância do investidor, seja ele um banco, um grupo de investidores anjo, um grupo financeiro e assim por diante.

Porém, com o networking correto, uma compreensão clara dos objetivos do seu negócio e da importância do mercado, um sólido plano de negócios.

Assim como, forte conhecimento das normas e oportunidades do setor, você poderá encontrar os investidores certos para sua futura startup médica.