Como se tornar um designer de interiores

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Existem belos espaços e, em seguida, existem esses pequenos detalhes personalizados em tais espaços que dão o calor de uma casa. 

O sonho de todo proprietário orgulhoso é ter um espaço personalizado ao seu gosto e que fale sobre as pessoas que vivem nele. 

Não apenas casas, mas também escritórios, espaços comerciais como resorts, hotéis, restaurantes, shoppings nos atraem pelos belos designs que os diferenciam!

Todos nós sabemos que não é comum projetar um espaço considerando a quantidade de tempo e esforço que deve ser investido no trabalho.

É então que começamos a procurar designers de interiores que nos possam ajudar nesta tarefa!

Você é alguém que adora decorar espaços? Os espaços esteticamente bonitos atraem a sua visão?

 Você estaria interessado em projetar e decorar os espaços de outras pessoas como o seu? Se a resposta a essas perguntas for sim, por que não pensar em uma carreira em Design de Interiores!

Mas, espere, a paixão por decoração e design de interiores é suficiente para se tornar um designer de interiores?

Vamos ver quais são as dicas absolutamente essenciais para se tornar um Designer de Interiores  e conhecer mais sobre a Tambaú Mármores e Granitos

Qual é a diferença entre um designer de interiores e um decorador de interiores?

Embora possamos encontrar pessoas que usam essas duas palavras de forma intercambiável, um designer de interiores não é o mesmo que um decorador de interiores.

Um Designer de Interiores trabalha em estreita associação com um arquiteto e espera-se que tenha conhecimento da construção, funcionalidade e importância ergonômica do espaço, além de dar a ele um apelo estético.

Um decorador de interiores, por outro lado, pode não ser tecnicamente correto nas perspectivas de construção e construção da arquitetura, mas alguém que está mais inclinado para o apelo artístico do espaço. 

Eles seriam muito bons para decidir sobre a decoração de uma casa ou escritório, decoração e móveis suaves, combinação de cores, etc. 

Na verdade, não é necessário um certificado ou qualificação para se tornar um Decorador de Interiores. Baseia-se exclusivamente no interesse, paixão e experiência de decoração de espaços.

Portanto, antes de decorar o seu espaço, você deve estar atento para decidir se precisa de um decorador ou designer. 

Se procura alguém que considere também os aspectos funcionais e ergonómicos do seu espaço juntamente com a sua decoração, deve procurar um Designer de interiores qualificado.

O “interesse pela arte” e a “criatividade” são suficientes para se tornar um designer de interiores?

Você definitivamente precisa da perspectiva criativa de um artista para se destacar na profissão de designer de interiores, mas há outros assuntos com os quais você também terá que lidar.

Cálculos e medições são muito importantes ao projetar um espaço, então você precisa ser bom com números e geometria.

Você tem que ser muito bom em orçamentos. Você deve ter uma ideia do preço comercial de cada item que sugere ao seu cliente. Embora seu cliente possa ficar muito animado com os acessórios mais recentes e tecidos de estofamento elegantes, ele não aprovaria, no entanto, se isso atingir seu orçamento!

É preciso ter uma ideia de todo o material que está sendo usado e disponível para arquitetura, construção e design. 

Tipos de materiais de construção, tipos de madeira, tintas e sua utilização, tipos de tecidos disponíveis no mercado, todas essas informações devem estar na ponta dos dedos.