Síndico de condomínio: Confira algumas dicas para se tornar um

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Para que a vida dos moradores de um condomínio seja pacífica, organizada e tranquila, é necessário que o síndico cumpra com seu papel de modo correto.

O síndico é a pessoa responsável por organizar e realizar tarefas que beneficiarão a todos os moradores do condomínio. Sem ele, fica difícil manter a ordem em um edifício residencial. Há muitas obrigações, mas o serviço não precisa ser estressante se o síndico seguir algumas sugestões.

Se você deseja se tornar um síndico, confira neste artigo algumas dicas de como agir neste ambiente de trabalho e ser reconhecido como um bom profissional.

Evite o desgaste

Um síndico precisa evitar o desgaste que essa função pode causar. É comum que muitos desses profissionais sofram com estresse devido às tarefas e obrigações que lhe aguardam.

Quando o síndico aplica a gestão de condomínio, ele consegue especificar os horários que serão direcionados para a administração do local. Assim, o trabalho será realizado com mais organização e tranqüilidade.

Distribua as tarefas e responsabilidades

Para não ficar sobrecarregado, um síndico precisa distribuir as tarefas. Todo condomínio deve ter um subsíndico e ele precisa receber funções e responsabilidades. Sendo assim, um síndico deve distribuir tarefas da gestão de condomínio, como por exemplo, no atendimento aos condôminos ou no gerenciamento de documentos da contabilidade.

Além disso, outros profissionais que atuam no condomínio, como o zelador por exemplo, também podem receber tarefas e algumas responsabilidades. Assim, o síndico terá mais tempo para dedicar em outra área que requer mais atenção.   

Informe-se sobre a legislação

Um síndico também deve estar por dentro das leis que envolvem o condomínio e suas obrigações. É necessário que esse profissional leia e pesquise sobre algumas leis, se possível, buscando até a ajuda de especialista na área jurídica.

Tenha organização

Para ser um bom síndico é preciso ter organização. Um síndico desorganizado compromete a gestão do condomínio, a tranqüilidade e a segurança dos moradores. Por isso, é importante ter uma agenda com todos os compromissos e cumpri-los na data e horário marcado.

Conheça a rotina do condomínio

Um síndico para atuar de forma precisa, deve conhecer o ambiente que trabalha. Além de conhecer cada canto do condomínio, ele deve conhecer os hábitos dos moradores. Se um síndico está ausente, ele nunca vai saber qual é a necessidade daquele ambiente.

Quando um síndico conhece a rotina do condomínio, ele consegue traçar planos para trazer melhorias para o local.

Faça manutenções

As manutenções que devem ocorrer com regularidade no condomínio, também é uma das obrigações do síndico. Essas manutenções vão garantir a boa saúde dos moradores, além da segurança.

Essa tarefa é uma das mais importantes e não deve ser negligenciada. O síndico precisa percorrer cada cômodo do prédio para observar onde é necessário um reparo ou manutenção.  

Seja comunicativo

Ser comunicativo é algo fundamental no currículo do síndico. Para saber quais os anseios e desejos dos moradores, é necessário haver um diálogo entre as partes.

Além disso, a falta de comunicação é um dos principais motivos pelas ocorrências de discussões e conflitos. Quando um síndico é comunicativo, todo mundo ganha.